Seguidores

sábado, 13 de junho de 2015

Céu violáceo



 O céu amanheceu violáceo,
Tatuou em minhas retinas
Um mapa celestial.

Um pássaro malabarista
Fez um pouso equilibrado,
Entoou um canto,
Brindou o evento,
Bateu asas e se foi!


dinapoetisadapaz





7 comentários:

  1. Um poema de encantamento com a natureza! Tocante!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela visita Célia, saber-me lida por vc é um luxo!
    Abçs!

    ResponderExcluir
  3. Um encanto Diná.
    Bjs e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  4. Oh Carmem, encanta-me também sua doce visita e leitura.
    Desejo uma noite de paz!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Absolutamente encantador,maravilha de poema!!

    ResponderExcluir
  6. Obrigada menina lusa pela leitura e apreciação!

    ResponderExcluir
  7. Lindo poema, Diná!
    Um céu e um passarinho
    São ideias à caminho
    Da luz que o universo dá.

    O canto que encanta já
    Não me deixa tão sozinho
    Por sentir ter um vizinho
    Também do lado de cá.

    Lado bom da poesia
    Que canta a sua magia
    Tendo o pássaro por tema

    E o céu por caminho ou via
    Da luz que dá alegria
    À vida do teu poema.

    Grande abraço, Diná e parabéns! Laerte.

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões ,sua visita será retribuída com carinho.

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!