Seguidores

sexta-feira, 26 de junho de 2015

E Agora?


Nosso amor era uma fogueira de emoções,
A cada dia transbordava novas chamas...
Um amor verdadeiro, repleto de emoções,       Tecíamos em nossa cama ardentes tramas.

E agora, para quem cantarei minhas canções
Para noites enluaradas? Que triste panorama!
Nosso amor era uma fogueira de emoções,
A cada dia transbordava novas chamas...

Meus anseios e minhas tantas aspirações
Murcharam como flor, restou a triste dama,
Que do amor não conhecia restrições,
Hoje em um novo contexto, exclama...
Nosso amor era uma fogueira de emoções.

dinapoetisadapaz

11 comentários:

  1. Um amor de cuja chama, restou lindas recordações! Bela poesia! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Quando o amor acaba e nos, deixa boas recordações, vale à pena rememorar em versos.
    Obrigada Chica, a presença de um amigo (a) sempre enche a página de luz, e vc deixa flahs intensos!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. E essas recordações ficaram para sempre de um amor transbordando emoções.
    Lindos versos Diná.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Diná!
    Algumas pessoas são incapazes de amar e por isso temos que valorizar cada momento sentido em doces lembranças! Mais ainda quando rende boas inspirações!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  5. Poema cheio de emoções saudosas...
    E a vida continua com novas inspirações poéticas...
    Abraços e carinho

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Carmem, um amor lindamente vivido, por isso lindas recordações.
    Bom findi amiga!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. É vida que segue Anete, o tempo não para , e eu sou igual girassol, giro com ele.

    Bjs e obrigada pela visita.

    ResponderExcluir
  8. Concordo Luma, tem pessoas que trancam o core, vivem e morrem sem histórias de amor pra contar. Adorei a visita!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Uma bela estrutura nesta construção/inspiração do amor que clama por uma chama, que inflama.
    Gostei.
    Bju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Toninho, agradeço a visita, sua presença muito me alegra.
      Bjs no coração amigo!

      Excluir
  10. A saudade é sempre uma memória de amor que não morre.
    E o que vai permanecer são as boas recordações.
    Lindo poema!
    Beijos
    Amara

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões ,sua visita será retribuída com carinho.

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!