segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Brindando a vida com a Primavera



Sou sonhadora vagando triste
Desfilando pelo frio caminho
Ornado de olhar que insiste
Em espreitar o meu desalinho.

Vou desfiando o tempo e os dias
Travando embate com o tédio
Aqui e ali algumas cortesias
Mas sem nenhum intermédio

Meu olhar derramado na vastidão,
Torna-me uma gaivota pescadora
Mergulho no mar, afoga-se a solidão
Volto à tona, sou outra senhora.

Já não me apraz a indolência
Um novo ciclo, uma nova estação!
É a Primavera com sua eloquência
A despertar em mim, nova emoção.

Renasço com o viço das flores
Caminho por alamedas coloridas
Livre dos tormentos e pormenores
Brindo com a Primavera, nova vida!

dinapoetisadapaz

6 comentários:

  1. Primavera, renovação! Que aconteça em cada um de nós! Linda poesia! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. E viva a nossa linda Primavera!
    Lindos versos amiga Diná.
    Bjs e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  3. Maravilhoso momento ,aqui se inicia o Outono as folhas se quedam num lindo bailado numa morte anunciada ,assim é a natureza como a vida onde tudo se transforma ,muitos beijinhos felicidades

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida Diná
    Um poema lindíssimo em honra à Primavera que vem de mansinho já alongando um pouco os dias e dando viço ao redor!!!
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  5. É lida ao que podemos designar, canção da Primavera.
    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do blog, por isso
    eu vou segui-lo. Espero que você,
    caso venha gostar do meu, também
    me siga.

    Beijos.




    .

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões ,sua visita será retribuída com carinho.

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!