sexta-feira, 26 de junho de 2015

E Agora?


Nosso amor era uma fogueira de emoções,
A cada dia transbordava novas chamas...
Um amor verdadeiro, repleto de emoções,       Tecíamos em nossa cama ardentes tramas.

E agora, para quem cantarei minhas canções
Para noites enluaradas? Que triste panorama!
Nosso amor era uma fogueira de emoções,
A cada dia transbordava novas chamas...

Meus anseios e minhas tantas aspirações
Murcharam como flor, restou a triste dama,
Que do amor não conhecia restrições,
Hoje em um novo contexto, exclama...
Nosso amor era uma fogueira de emoções.

dinapoetisadapaz