Seguidores

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Alegria morta



Plumas coloridas
mascaram a dor
que me atinge em cheio.
Os estragos são bem visíveis,
basta mirar minhas pupilas.
Veja! Sou apenas deserto de mim,
De alma ferida, alegria morta.


dinapoetisadapaz

9 comentários:

  1. Inspiração forte Diná a dor que não transparece,
    mas quem a tem sabe o quanto padece e sofre.
    Boa semana vitoriosa.
    Abraços e beijo paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto riso ele provoca, mas no seu interior há uma tristeza camuflada.Obrigada pela apreciação Toninho!
      Abçs de Paz, deixo!
      Diná

      Excluir
  2. Triste e linda inspiração! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Chica! Grata pela leitura. Tenha um dia feliz!
      Bjs!

      Excluir
  3. Lindo, e triste!
    Tomara que seja só na poesia.
    Feliz carnaval!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana, Tem um pouco de tudo amiga!Grata pela visita e leitura!
      Bjs e bom carnaval!
      Diná

      Excluir
  4. A realidade estampada em seu poema, Diná. Mascaram-se dores para enganar a tristeza exposta.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É vdd Célia, afinal é melhor sorrir que chorar, embora por dentro, a dor. Por Deus temos a poesia para extravasar. Grata pela leitura.

      Abçs de paz, deixo!
      Diná

      Excluir
  5. Triste mas lido querida amiga ,quem nos dera que a tristeza nunca fizesse parte de nós ,muitos beijinhos

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões ,sua visita será retribuída com carinho.

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!