sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Outra vez Natal



Outra vez Natal

Outra vez Natal...!
O mundo clama por Paz
Paz, que não seja fugaz
Fugaz não tem efeito

Efeito tem nossas ações
Ações que nos faz dignos
Dignos de ser amados
Amados por nossos irmãos

Irmãos carnais e fraternos
Fraternos e carentes
Carentes e desprovidos
Desprovidos de afeto

Afeto podemos ofertar
Nesse Natal e todo dia
Dia de Paz e partilha
Partilha não tem hora

Hora de louvar
Louvar o Deus menino
Menino que nasceu
Nasceu para nos salvar.

Salvar e nos ensinar
Ensinar a ser humilde
Humilde para com todos
Todos tenham, FELIZ NATAL...!
dinapoetisadapaz

3 comentários:

  1. Boa Tarde, querida Diná!
    Venho ler seu poema tão lindo e convidá-la para interagir conosco na VII Interação Fraterna de Natal... se desejar e nos alegrará muito pois agregará valores verdadeiros...
    Está aqui o convite:

    http://www.idade-espiritual.com.br/2016/12/como-vou-adornar-minha-arvore-de-natal.html


    Que os desprovidos de afeto se sintam abraçados por nós!
    Tenha um período natalino abençoado e feliz!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo querida amiga, palavras envolventes cheias de beleza ,muitos beijinhos no seu lindo coração felicidades

    ResponderExcluir
  3. Tocante poema em uma data muito significativa para nós, cristãos! Amém!
    Feliz Natal para você e família!
    Abraço.

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões ,sua visita será retribuída com carinho.

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!