quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Morte do Amor








 Ainda era suave os primeiros raios do alvor do dia.
Ainda trôpega de sono, meu coração assassino
decididamente informou a notícia de morte...
 -O amor que aqui dentro habitava; morreu!

Morreu, amor unilateral não pode sobreviver!
Vista-se de luto, assuma a viuvez, se queres sofrer,
que sofra! Estou petrificado para o sofrer,
E descompassado para um novo amor receber.

Cansei das chances que te dei... foram muitas!
E hoje a decisão foi minha...  Fim da linha!
Estou pronto para o renascimento.
Acompanhe-me... ignore os obstáculos!

 dinapoetisadapaz

7 comentários:

  1. Curioso coração da vegetação... E o coração da poetisa? O rompimento é triste, mas "antes só que mal acompanhado"?... O que se há de fazer. Cordialmente. Laerte.

    ResponderExcluir
  2. Um amor sofrido mas tão sentido como as palavras que descrevem tamanha amargura ,mas quem sente tamanho viver também consegue renascer para um novo amanhã ,beijinhos muitas felicidades querida amiga

    ResponderExcluir
  3. Amor não correspondido
    no tempo ficou esquecido.
    Arvore muito bonita.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  4. Se o amor não é correspondido, realmente não pode sobreviver. Linda árvore.

    ResponderExcluir
  5. O amor só consegue perdurar quando dois corações tocam a mesma melodia.
    Linda foto
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  6. O verdadeiro amor é suave como aroma da natureza
    arvore maravilhosa amei, obrigado pela visita,
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  7. Olá , adorei ver essa foto uma arvore em coração, a natureza é muito bela,algumas pessoas não a estimam, um abraço

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões ,sua visita será retribuída com carinho.

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!