Seguidores

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Violência no lar



Dizer que a mulher é uma montanha de fragilidade 
É contradizer algumas das suas particularidades 
Pois viver uma relação doentia e sem instabilidade 
Dominada pelo medo e vergonha perante a sociedade, 

Suportando os maus tratos com impassibilidade 
Vitimada por seu parceiro que sem temeridade 
Coloca em risco sua saúde física e sua identidade 
É viver à mercê d’uma provável incapacidade 

Mulher , sua força é imensurável por tanto suportar 
Não sinta dó de quem hoje vem lhe maltratar 
E amanhã oferece rosas tentando mascarar 
Os impiedosos atos que podem sua vida abreviar 

Severamente agredida, recorre aos meios jurídicos 
O enfrentamento abre caminho para o fatídico 
Sob pressão, o feito toma dimensão de inverídico 
E a cumplicidade descaracteriza o verídico 

É difícil opinar, há vínculos e entraves a questionar 
Os filhos, dependência econômica, o não poder falar 
O agressor usa de todas as táticas para castigar 
Ameaças, a dor do desprezo e o desrespeito fazem calar 

A mulher precisa ser consciente e não se permitir 
Que as agressões aconteçam num ir e vir 
É preciso lutar com afinco e jamais desistir 
Agressão é patologia que dificilmente se pode inibir 

Diná Fernandes

terça-feira, 12 de junho de 2018

Selinho Gratidão

Hoje  o dia está sendo bem especial, meu bloguinho comemora a alegria dos 150 seguidores, amigos queridos que já fazem parte da minha vida diária e que moram no meu coração.
E aqui fica  o selinho de comemoração,pegue o seu se desejar!




Bjs em cada coração!

domingo, 10 de junho de 2018

Antologia Talento Poético 2018



Bom dia amigos e (as)
A quem interessar em partiipar da Antologia, posso afirmar que o organizador e Editor Luciano Becalete juntamente com a sua equipe , desenvolve um trabalho sério e de ótima qualidade.
Os livros tem ótima artefinal!




Editora Becalete MEI
Pedido de orçamentos: editorabecalete@gmail.com
Fale com o editor: (19) 98164-8508 
CNPJ: 22.461.421/0001-52

PS:Já participei de duas Antologias:
Salvador 2014


São Paulo 2015



sábado, 9 de junho de 2018

Ainda te desejo


Ainda te desejo tanto!
Sinto saudade do nosso amor
ardente, dos desejos estupendos.

Quando em ti eu penso
enlaço-me no querer.
Não quero te esquecer!

Ao lembrar de ti, sinto-me
fortemente agarrada
pelos tentáculos da saudade.

Diná Fernandes

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Pensamento


Gosto quando o pensamento
brinca comigo,
deixa em meu esconderijo
de mulher
um “que” de malícia,
e se esconde
entre meus dedos.

Diná Fernandes

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Coração Infante


Sou ainda uma criança,
Coração infante e puro.
Nos cabelos, uso trança,
Sou da mamãe um tesouro.

Sou frágil como cristal,
Meu sorriso é natural,
Cada passo é um sonho,
Que faz os meus dias risonhos.

Tudo brilha como o lual,
O mundo parece encantado.
Não sei se isso é normal,
Ou se meu sonho é desvairado.

Essa fase da ingenuidade,
Eu gostaria de conservar.
Manter a espontaneidade,
Quando adulta me tornar.

Diná Fernandes

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Presentinho do amigo Sol de Esteva

PS: Aos amigos, peço desculpas pela ausência desde o domingo,
quando o problema  é com a saúde de alguém da família,
não posso faltar com minha assistência, ainda sou a enfermeira deles todos.
Bjss!

Ao amigo Sol de Esteva, meus sinceros agradecimentos
por estes lindos e significativos mimos felicitando o meu dia!
Bjss!