Seguidores

sexta-feira, 26 de junho de 2015

E Agora?


Nosso amor era uma fogueira de emoções,
A cada dia transbordava novas chamas...
Um amor verdadeiro, repleto de emoções,       Tecíamos em nossa cama ardentes tramas.

E agora, para quem cantarei minhas canções
Para noites enluaradas? Que triste panorama!
Nosso amor era uma fogueira de emoções,
A cada dia transbordava novas chamas...

Meus anseios e minhas tantas aspirações
Murcharam como flor, restou a triste dama,
Que do amor não conhecia restrições,
Hoje em um novo contexto, exclama...
Nosso amor era uma fogueira de emoções.

dinapoetisadapaz

11 comentários:

  1. Um amor de cuja chama, restou lindas recordações! Bela poesia! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Quando o amor acaba e nos, deixa boas recordações, vale à pena rememorar em versos.
    Obrigada Chica, a presença de um amigo (a) sempre enche a página de luz, e vc deixa flahs intensos!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. E essas recordações ficaram para sempre de um amor transbordando emoções.
    Lindos versos Diná.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Diná!
    Algumas pessoas são incapazes de amar e por isso temos que valorizar cada momento sentido em doces lembranças! Mais ainda quando rende boas inspirações!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  5. Poema cheio de emoções saudosas...
    E a vida continua com novas inspirações poéticas...
    Abraços e carinho

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Carmem, um amor lindamente vivido, por isso lindas recordações.
    Bom findi amiga!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. É vida que segue Anete, o tempo não para , e eu sou igual girassol, giro com ele.

    Bjs e obrigada pela visita.

    ResponderExcluir
  8. Concordo Luma, tem pessoas que trancam o core, vivem e morrem sem histórias de amor pra contar. Adorei a visita!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Uma bela estrutura nesta construção/inspiração do amor que clama por uma chama, que inflama.
    Gostei.
    Bju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Toninho, agradeço a visita, sua presença muito me alegra.
      Bjs no coração amigo!

      Excluir
  10. A saudade é sempre uma memória de amor que não morre.
    E o que vai permanecer são as boas recordações.
    Lindo poema!
    Beijos
    Amara

    ResponderExcluir



Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões , sua crítica, desde que não ofensiva me servirá de aprendizado e contribuição para melhora do meu trabalho poético.

Sua visita será retribuída com carinho.
Que Deus abençoe seu dia, sua tarde, sua noite!

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!