Seguidores

domingo, 26 de julho de 2015

Obstinação







































É preciso ser um tanto obstinado
Para se afinar com a leitura,
E com todos os propósitos.
Estudando, lendo e aprendendo,
É possível galgar degraus,
E atingir objetivos.

O saber nos ensina,
Abre portas para o mundo,
Tira o véu da alienação,
Desperta sobre os direitos.

É dever de toda criatura
Buscar saber para conhecer.
Quem menos sabe,
Menos reivindica.

Mire-se no homem preguiçoso:
Quanto menos faz,
Menos quer fazer.
Embora tenha o desejo de “Ter”.

 dinapoetisadapaz

2 comentários:

  1. Os "acomodados" deixam-se guiar como "marionetes"...
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Que beleza de poesia,Diná! bjs praianos,chica

    ResponderExcluir



Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões , sua crítica, desde que não ofensiva me servirá de aprendizado e contribuição para melhora do meu trabalho poético.

Sua visita será retribuída com carinho.
Que Deus abençoe seu dia, sua tarde, sua noite!

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!