Seguidores

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Brindando a vida com a Primavera



Sou sonhadora vagando triste
Desfilando pelo frio caminho
Ornado de olhar que insiste
Em espreitar o meu desalinho.

Vou desfiando o tempo e os dias
Travando embate com o tédio
Aqui e ali algumas cortesias
Mas sem nenhum intermédio

Meu olhar derramado na vastidão,
Torna-me uma gaivota pescadora
Mergulho no mar, afoga-se a solidão
Volto à tona, sou outra senhora.

Já não me apraz a indolência
Um novo ciclo, uma nova estação!
É a Primavera com sua eloquência
A despertar em mim, nova emoção.

Renasço com o viço das flores
Caminho por alamedas coloridas
Livre dos tormentos e pormenores
Brindo com a Primavera, nova vida!

dinapoetisadapaz

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Poetas brasileiros Brindam o Ano Novo.



Encontrei no blog da Carmem Cecília, fiquei feliz pq eu havia perdido esse vídeo!

Amor sem Amarras





Eu você e o nosso amor

Unidos como a trindade.

Habita em nós um clamor...

Primar pela felicidade!



 Conviver ignorando deslizes,

Dizem que é viver alienado,

Contesto! Amantes felizes

São felizes se perdoando.



Conjeturar não combina com amar

Desabona, gera curiosidade.

Quem ama e busca felicidade

Falhas terá que perdoar.



Nosso amor tão envolvente,

Amor que arrebata,

Amor assim, d’alma da gente

Nem o tempo pode apagar.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Perdão






Perdoar é entregar-se a Deus

num gesto de bondade.

Somos passíveis de abrir

feridas também.



É preciso perdoar e ter a certeza

do perdão para que nossa alma,

grite de contentamento.



A negação ao perdão

acarreta em

prisão espiritual.

Nada é mais agradável aos olhos

de Deus do que o perdão, pois dele

vem o engrandecimento do ser.



Quem ama e se ama, ao irmão perdoa!

dinapoetisadapaz

06/11