Seguidores

sexta-feira, 31 de março de 2017

Véu invisivel ( sem a vogal "a")


 

Se estou com você sinto como se o mundo fosse só meu, o conforto do seu colo produz em mim um intrépido vigor. És meu porto seguro, o véu invisível que me protege.
Se pretendes ver-me longe, nem pense; vou defender meu direito de dependente dos bons e felizes momentos, esses que vivemos, sem eles serei um esqueleto vivo no tempo. Compreendo que ninguém é dono de ninguém, porém entre nós existe um nó, e você colocou-me dentro dele, um nó onde meus quereres de certo querem sentir bem de perto, os seus quereres.
Por hoje é só, pensei, revirei o ego, engoli em seco, com os verbetes escondidos tenho que recolher meu instrumento de escrevente... restou um oco no cerebelo, você ficou!

dinapoetisadapaz


5 comentários:

  1. Beleza, como sempre! Lindo fds! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Magnifico querida amiga ,beijinhos muitas felicidades.

    ResponderExcluir
  3. Legal!
    Escrever um texto assim, sem usar a letra 'a' e que faz sentido, não é fácil.
    parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Realmente, você é fera na escrita! Que habilidade escrever coerentemente sem a vogal a, parabéns amiga!

    ResponderExcluir
  5. LINDO TEXTO MINHA CARA POETISA DINA... AMEI TEU BLOG TB. BJKS...JAL.

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões ,sua visita será retribuída com carinho.

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!