Seguidores

terça-feira, 18 de julho de 2017

Deixei deixando!



Deixei minha boca calar
Deixei meus olhos falar
Deixei o pensamento fluir
Deixei a intuição intervir

Deixei meu sonho voar
Deixei o desejo depurar
Deixei a razão insistir
Deixei o coração decidir

Eu vi o pássaro pousar
Eu vi nas asas levar
Eu vi o vento rugir
Eu vi seu castelo ruir

Eu vi o seu desespero
Eu vi um total destempero
Eu vi o tempo sorrir
Eu vi o amor partir

Deixei de lhe aturar
Deixei o vento levar
Deixei sua vida de lado
Deixei o pesado fardo

Deixei os lamentos meus
Deixei sem dizer adeus
Deixei o que estava a me ferir
Deixei, depois de muito refletir.
                       

16 comentários:

  1. Olá Diná!
    Gostei muito de seu poema, inspirado e com uma bela construção. Parabéns.
    Um abraço.
    Pedro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão pelas gentis palavras Pedro, é gratificante qdo o que escrevemos agrada ao leitor.
      Abração!

      Excluir
  2. Muito lindo e verdadeiro seu poetar,querida amiga Diná.
    Muitas vezes temos que deixar partir para nos libertar.

    Recebi sua atualização porque seu blog está na minha lista de "Blogs a visitar",à direita do meu,com seu nome.

    Beijos sabor carinho e uma terça-feira de paz profunda

    Donetzka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Done, é verdade, qdo a relação chega a este nível , não há pq permanecer juntos. Separação é algo que dói, mas a dor uma hora passa. nada dura pra sempre!
      Grata pela visita.
      Bjss!

      Excluir
  3. Respostas
    1. Olá Marte, fico feliz por gostar dos meus rabiscos!Sua visita é sempre bem vinda!
      bjs!

      Excluir
  4. Respostas
    1. Carmem querida, gosto de receber sua gentil visita e suas gentis palavras alegram meu coração. Bjs!

      Excluir
  5. Como sempre, minha amiga fazendo lindos poemas para encantar nossa alma. Esse seu poema expressa uma sede de libertação de tudo quanto nos aprisiona. Um dia bem abençoado para você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh amiga Lúcia, e há algo mais gostoso que a liberdade qdo nos sentimos sufocados? Gratidão pela generosidade das suas palavras que tanto acariciam minh'alma e coração. Não mereço tanto amiga!!

      Bjs!

      Excluir
  6. Simplesmente belíssimo querida amiga ,muito obrigado pela sua partilha ,beijinhos felicidades

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro amigo Emanuel , sempre um prazer receber sua amável visita, vc sempre fiel, gosto das suas amáveis palavras.
      Bjs no coração.

      Excluir
  7. É bom às vezes desapegar-nos do passado e passar a esperar no futuro. Lindo o seu poema!, Dina!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amiga Celina, remoer o passado e insistir no que não mais nos traz alegria, é burrice e falta de amor próprio.
      Adorei a sua visita, volte sempre!

      Bjss!

      Excluir
  8. Gostei muito do poema, muito bonito! :) Também já a estou a seguir. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  9. Assim como um perfeito proceder nesta vida Diná. Vir e ver e separar o que nos agrega, o que nos faz feliz e assim sair deixando para trás tudo que nos deixa para baixo, tudo que nos desagrega.
    Muito boa inspiração com reflexão de procedimentos.
    Sejamos feliz e menos carrancudos pois a vida quer nos ver feliz.
    Bjs.

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões ,sua visita será retribuída com carinho.

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!