Seguidores

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Sonhos de Estudante

Hoje acordei saudosa com estas memórias 
que me fazem tão bem!!
Gosto de rememorar meus sonhos!

Disciplina que amo, geografia
Estudá-la, foi algo fascinante, 
Nas incríveis viagens, sentia cheiro de maresia
Cenários bucólicos verdejantes,
O horizonte, os relevos, as fotografias
Era um convite à aquelas terras distantes.

Apetecia-me sonhar e andarilhar
pelas belas cidades do Brasil
e novos horizontes desbravar.
No meu pensamento juvenil,

Fui de uma cidade a outra,
cruzei pontes e avenidas,
hora no nordeste, noutra
Sul e sudeste, terras lindas!

Guarapuava (Conhecer era um sonho)
Lá já estive.


Aqui morei 14 anos!!
Meu sonho de consumo!


Era uma festa de luzes e cores
Em meu cérebro viajante
Aquele livro, era meus amores
Meu companheiro constante!

O efeito da leitura é marcante
O mundo em vários sentidos
Fica próximo mesmo distante
Foram muitos roteiros vividos!










19 comentários:

  1. Diná confesso a você que eu adorava Português e em outras matérias não ia muito bem.
    Sempre gostei de escrever e quando eu estava com 10 anos,mamãe foi chamada pelo professor de Português para que ela lê-se a dissertação que eu havia feito sobre um pingo d'água e com certeza levei a nota máxima.rs
    Coisas de estudante,bons tempos!
    Bjs e um ótimo dia.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Carmem , imagino como foi gratificante para sua mamãe um chamado por uma boa causa.Diz o antigo ditado popular, quem é bom já nasce feito, vc já nasceu com a boa retórica na ponta da língua...Escreves muito bem! Aplausos!

      Bjss amiga.

      Excluir
  2. Quantas lembranças lindas. O bom é poder aliar a geografia que antes era só nos livros com a realidade, os trajetos, o clima, o relevo, o que a criança vai vivendo, tenho tentado ensinar a Alice ler mapas, ver divisão do Brasil, estados onde já viajamos, a escola dela infelizmente deixa a desejar, e ela não gosta de geografia, creio pq não é prazerosa, a maneira de ensinar ficando só na decoreba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paula, eu me fixava muito nas ilustrações,e qdo eu gostava ia ler sobre a ilustração e ai a viagem era maravilhosa.Deve ser mesmo por falta de incentivo que faz Alice não gostar.
      Agradecida pela vista e comentário.

      Excluir
  3. Belíssimas recordações dos tempos de estudante muito bem traduzidos em seus belos versos e lindas fotos.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
  4. Lindas lembranças, se os professores entendessem que geografia e literatura são irmãs muitos alunos poderiam melhorar seus rendimentos.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  5. Recordações querida amiga eu confesso também tenho saudades desses tempos ,embora eu tenha gostado pessoalmente muito de filosofia ,muitos beijinhos no coração ,felicidades

    ResponderExcluir
  6. Lindas viagens pelas veias da geografia poética minha amiga
    Lindo te ler, sempre!
    Beijos amada

    ResponderExcluir
  7. Dina querida,
    que lindas lembranças!
    Eu adoro viajar no
    tempo dessa forma.
    Adorei vir aqui hoje.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, querida Diná!
    Tão boas recordações a gente tem do tempo de estudante... eu também tenho e fico feliz em recordá-las.
    Seja feliz e abençoada!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Dina
    Boas recordações são muito bem vindas. Como é bom recordar. Saudades também do meu tempo de escola. Eu amo ler e tenho a mania de quando leio Sabrina viajo com ela ao encontro de países que ainda não conheço e seus costumes. Um desses países é a Grécia. Estou bem. Obrigada pelo carinho. Um feliz fds. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Olá Diná,

    É muito bom ter boas recordações. Partilhar é outra forma de vivencia-las. É ótimo fazer oque gostamos, visitar lugares que admiramos.

    Abraços
    Wellington Maia

    ResponderExcluir
  11. Guardo doces memórias dos meus tempos de escola já tão distantes.
    Bfds

    ResponderExcluir
  12. Que postagem mais linda Diná!
    Muito bom te conhecer um pouco mais.
    Tem postagem nova lá no blog.
    Quando puder vem ver.
    Um excelente fim de semana para ti.
    abração com carinho

    ResponderExcluir
  13. Entendi e revivi os passos que deste. Parece impossível que "aquele" sentir o tempo, esteja tão presente.
    Parabéns.


    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  14. Olá, Diná!
    Vê-se pela bela postagem e pelo belo poema que foste boa aluna, daquelas que estudam para saber e não apenas para ser aprovada nos exames. Parabéns.
    Um abraço.
    Pedro

    ResponderExcluir
  15. Amiga, suas postagens são perfeitas. Poema lindo, relato e fotos. Parabéns! Para que esse fim de semana seja de muita paz, amor e esperança de dias melhores, deixo esse pensamento da Ana Carolina:
    “Diga o que você pensa com esperança.
    Pense no que você faz com fé.
    Faça o que você deve fazer com amor!”
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
  16. Você é a personificação pura da poesia, pois em tudo se inspira para nos brindar com poemas intensos, reflexivos, românticos, outros com doses de humor, enfim, aplausos de pé para essa poeta de nascença, como dizia meus avós.
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir



Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões , sua crítica, desde que não ofensiva me servirá de aprendizado e contribuição para melhora do meu trabalho poético.

Sua visita será retribuída com carinho.
Que Deus abençoe seu dia, sua tarde, sua noite!

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!