Seguidores

quarta-feira, 21 de março de 2018

Ventos Outonais

Para receber o outono, um pequeno poema em parceria com
a poetisa e minha irmã nordestina Valdilene Dias)

Galhos desnudos
como que a olhar
as folhas sem viço
bailando no ar.
Me dá uma tristeza
ver esse tempo assim
folhas caindo
não faz bem prá mim

Queria bonança
de um tempo bem-vindo
mas, vão-se as esperanças...
ao vento rugindo

Vento de canto dolente
andorinhas entristecidas
buscam lugar quente
iniciam suas partidas
dinapoetisadapaz&Valdilene Dias

4 comentários:

  1. Oi Diná,
    Se não registrar os outros blogs é difícil entrar
    Adorei a poesia
    Beijos
    LuaSingular

    ResponderExcluir
  2. Em Portugal já terminou o Outono e iniciou-se a Primavera. É uma estação do ano maravilhosa.
    .
    Querendo, confira:
    * Amor em líricos fragmentos de vento. *
    .
    Abraço poético

    ResponderExcluir
  3. Linda poesia, sensibilidades do sentir. bjs

    ResponderExcluir



Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões , sua crítica, desde que não ofensiva me servirá de aprendizado e contribuição para melhora do meu trabalho poético.

Sua visita será retribuída com carinho.
Que Deus abençoe seu dia, sua tarde, sua noite!

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!