Seguidores

terça-feira, 17 de abril de 2018

Ouvi o tédio chorar


Dias negros vivi amargando triste escuridão
Eu imaginava lá fora um belo dia ensolarado
Aqui dentro do meu coração, alegria havia não
Malvada tristeza mantinha-me desconsolado...!

Meu jardim já não produzia mais flores
Meu olhar desbotou, tudo era sem graça
Quando me dei conta dos dias de horrores
Garimpei um novo contexto, rasguei a couraça...!

Quase carcomida, num canto qualquer
À duras penas consegui a tristeza expulsar
Rebelei-me contra o triste retroceder
Fechei as cortinas do sim, ouvi o tédio chorar...

O que era fosco em brilho foi transformado
Pude vislumbrar novas cores, voltei a sorrir
Senti uma força superior, do chão fui içado
Para o vão da liberdade, feliz eu pude ir...!

Diná Fernandes

9 comentários:

  1. Oi Diná, dindo poema! No começo fiquei tenso pelos dias negros, mas depois tudo clareia. E a vida é assim mesmo - são os altos e baixos, e também os trancos, de vez em quando... Parabéns por tão bela poesia! Grande abraço. Laerte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela presença e leitura Laerte. É isso mesmo amigo Se tudo fosse mil maravilhas, a vida seria meio monótona e não teríamos vitórias pra contar.
      Valew amigo!
      Boa noite de paz.
      Abração!

      Excluir
  2. Oi Dina que forte palavras e inspiração . retrata bem como a vida. Bom quando termina bem. Bjs amo vc e Deus ainda mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida Nal,só posso dizer; recíprocas, amiga és presente de Deus!
      Sua leitura e conentário enfeitam minha página de carinho.

      Bjss!

      Excluir
  3. Respostas
    1. Obrigada Isa!Valew pela agradável visitinha .
      Bjss!

      Excluir
    2. Boa noite Diná!
      Por vezes sentimos assim, mas sempre achamos um ponto positivo pra nos segurar firme.
      Assim é a vida. Um dia esta cinzento, no outro sol brilha forte. E assim vamos em frente.
      Boa semana! Um beijo.

      Excluir
    3. Verdade Isa, com as incertezas da vida aprendemos a driblar o tempo e suas ações!

      Bfs . Bjs!@

      Excluir
  4. Bonito poema e a conclusão esperançosa... Novas cores, liberdade e seguir feliz sem vacilar...
    O meu carinho

    ResponderExcluir



Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões , sua crítica, desde que não ofensiva me servirá de aprendizado e contribuição para melhora do meu trabalho poético.

Sua visita será retribuída com carinho.
Que Deus abençoe seu dia, sua tarde, sua noite!

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!